Vazamento de gás no Hospital de Santa Maria, no DF

0 11

28 de outubro de 2019

Segundo bombeiros, problema foi com botijão de gás de cozinha. Hospital teve que ser esvaziado.

Por G1 DF

26/10/2019 10h50  Atualizado há um dia

Um vazamento de gás de cozinha (GLP) no Hospital Regional de Santa Maria, no Distrito Federal, assustou pacientes, funcionários e acompanhantes na manhã deste sábado (26). O Corpo de Bombeiros foi chamado e o hospital precisou ser esvaziado.

Segundo a microempreendedora Joice Macedo Salles, que estava acompanhando uma prima doente, um grupo de pacientes foi mandado para o auditório do prédio. Outras pessoas tiveram que sair para a rua.

Mães com bebês no colo tiveram que deixar a maternidade por causa de um vazamento de gás no Hospital de Santa Maria, no DF — Foto: Joice Salles/ Arquivo pessoal

Mães com bebês no colo tiveram que deixar a maternidade por causa de um vazamento de gás no Hospital de Santa Maria, no DF — Foto: Joice Salles/ Arquivo pessoal

Cerca de 50 mães, com bebês, precisaram deixar a maternidade. O centro cirúrgico e a cozinha chegaram a ser interditados. Procedimentos como hemodiálise também foram suspensos, informou a filha de uma paciente que faz tratamento no hospital.

Pouco depois das 11h, a Secretaria de Saúde confirmou que houve vazamento de gás em um dos botijões da cozinha industrial do Hospital Regional de Santa Maria, o que “provocou desconforto em algumas áreas da unidade em função do forte odor do produto”.

O vazamento foi, definitivamente, controlado por volta das 12h, segundo o diretor do Instituto de Gestão Estratégica (Iges-DF), que administra o hospital. Ele disse que 10% das atividades foram afetadas.

Pacientes e funcionários do Hospital Regional de Santa Maria, no DF, tiveram que deixar o prédio por causa de um vazamento de gás — Foto: Arquivo pessoal

Pacientes e funcionários do Hospital Regional de Santa Maria, no DF, tiveram que deixar o prédio por causa de um vazamento de gás. Foto – Arquivo Pessoal.

De acordo com uma funcionária do hospital, o problema começou na cozinha, por volta de 8h40 e atingiu a maternidade.

Segundo a Secretaria de Saúde, “medidas foram adotadas para preservar a integridade de pacientes e funcionários, como a relocação de parturientes e bebês para locais que não foram atingidos pelo gás”.

O Corpo de Bombeiros informou que o vazamento foi em “grande quantidade”. Disse ainda que os militares usaram jatos de água para conter “a nuvem de gás”.

Pacientes do Hospital de Santa Maria, no DF, tiveram que deixar alas de internação por causa de um vazamento de gás — Foto: Joice Salles/ arquivo pessoal

Pacientes do Hospital de Santa Maria, no DF, tiveram que deixar alas de internação por causa de um vazamento de gás — Foto: Joice Salles/ arquivo pessoal.

Por volta do meio-dia, conforme os bombeiros, “o vazamento estava reduzido a níveis razoavelmente seguros” e uma equipe especializada em produtos perigosos assumiu o trabalho para eliminar totalmente o risco.

Vazamento de gás no hospital de Santa Maria assusta pacientes

Vazamento de gás no hospital de Santa Maria assusta pacientes

Durante a tarde, a Secretaria de Saúde explicou que o vazamento foi em um dos cilindros desativados da antiga estação de gás do Hospital Regional de Santa Maria.

Segundo a pasta, “o incidente ocorreu quando a empresa responsável pela remoção dos quatro cilindros com capacidade de quatro mil litros cada, fazia a operação de retirada” .

De acordo com a secretaria, o funcionamento do hospital “voltaria ao normal gradativamente”, ainda neste sábado.

Fonte: G1. 26 out. 2019. Foto: Joice Salles/arquivo pessoal e G1. Disponível em: https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/10/26/vazamento-de-gas-no-hospital-de-santa-maria-no-df-assusta-pacientes.ghtml

Compartilhamento
Share Button

Leave A Reply

Your email address will not be published.